Usa Flag / English Version Bandeira do Brasil / Versão em Português
CURRENT MOON
Lua atual

ONDE ESTÁ O OBSERVATÓRIO ASTRONÔMICO?

Trav
09/07/2022

ONDE ESTÁ O OBSERVATÓRIO ASTRONÔMICO?

Há um ano, acontecia em Piracicaba o maior atentado perpetrado no País contra a ciência do céu. Após quase 30 anos de laboriosa existência, reconhecido como modelo pedagógico em astronomia no Estado, atividades científicas e de divulgação, a Secretaria Municipal de Educação, SME, com o aval da Prefeitura, resolveram extinguir o Observatório Astronômico de Piracicaba Elias Salum, OAPES. A causa foi a não renovação do Contrato de Serviços e Locação de Equipamentos feito com a Empresa Urânia de Campinas vencido em 10 de julho de 2021.

A reação não se fez esperar. Manifestações de repúdio ecoaram na cidade e em várias partes do País uma vez que é por demais sabido que é inaceitável no mundo atual, privar a população e as escolas do acesso as informações e conhecimentos proporcionados pela Astronomia e Ciência Espacial. É   assustador ver que isso partiu de uma Secretaria de Educação!

Em Moção nº 216/21, o vereador Cássio Luiz Barbosa manifestou contrário ao fechamento abrupto e sem planejamento do OAPES. Extinguir um órgão municipal de prestação de serviços, sem consultar a população, sem colocar outro em seu lugar, configura medida totalitária que fere o direito da população ao acesso a cultura, educação e o lazer para os quais ela paga seus impostos e que doravante terá que se deslocar a Americana ou Campinas.

Para a Diretoria da Sociedade Beneficente Sírio-Libanês, “Piracicaba perde o brilho das estrelas e o céu fica mais escuro”.

Em nota a imprensa, o ex-prefeito José Machado que construiu o OAPES, divulgou que “a desativação do OAPES fará uma falta absurda. Problemas de manutenção configura uma argumentação cínica. A pandemia é conjuntural e atinge outros projetos públicos e não apenas esse”.

As alegações da SME, mantenedora do OAPES, era de que o Órgão estava inativo o que não é verdade uma vez que, em 19/03/21, que em plena pandemia, ela era informada em documento, sobre as atividades internas que iriam acontecer bem como a participação em congressos e simpósios. O documento endereçado a Secretária Ângela M. C. Jorge Corrêa recebeu aprovação da mesma.

Uma outra alegação da SME na pessoa do Secretário Gabriel Ferrato, era de que o local do Observatório não atendia o acesso das escolas e da população. Declaração estapafúrdia uma vez que o local era privilegiado com acesso fácil e amplo estacionamento.

A nota da SME/Prefeitura mencionava a presença de iluminação da cidade que prejudicava as observações. Os instrumentos para evitar isso possuíam filtros especiais que bloqueavam a poluição luminosa. Ademais, não se informaram que, na qualidade de ser um observatório pedagógico, os mesmos estão sempre próximos ou, até mesmo, dentro da cidade como são, a título de exemplo, o Observatório Dietrich Schiel da USP de São Carlos, os observatórios municipais de Americana e Araraquara, SP e os de Videira e Brusque em SC.. Esses observatórios não têm a observação científica como prioritária muito embora possuam instrumental para fazê-lo quando da ocorrência de um fenômeno celeste importante. Por conseguinte, tal alegação é ridícula, destituída de qualquer fundamento.

Para terminar, a última alegação é que os instrumentos tremiam pela passagem de caminhões na rodovia prejudicando as observações. Em momento algum de sua existência, houve alguma reclamação nesse sentido. Por conseguinte, alegação infundada e mentirosa.

Em face desses episódios, não restou a Prefeitura em nota a imprensa, informar o compromisso de construir novo observatório em outro local que atenderia melhor a população. Passados um ano desse compromisso, ficam as perguntas = Onde irá ser o local do novo observatório? O projeto de construção já está concluído? Foi colocado a apreciação de órgão competente? Já se encontram relacionados os instrumentos, periféricos, aparelhos pedagógicos, bibliografia básica e recursos audiovisuais necessários? Já foram feitos contatos com astrônomos que irão responder por todas as atividades desenvolvidas no observatório? 

São questões que precisam ser respondidas pela Prefeitura. É um direito da população que paga seus impostos e viu-se privada de um órgão que estava inserida nos atrativos que a cidade oferecia.

Texto de Nelson Travnik e equipe que prestavam serviços voluntários no OAPES. 

Fragmentos2

O SUICÍDIO DO COMETA ...
O SUICÍDIO DO COMETA SCHOEMAKER-LEVY 9 - por Nelson Travnik.
O SUICÍDIO DO COMETA SCHOEMAKER-LEVY 9 Muitas gerações irão passar sem que seja observado um apocalíptico evento planetário comparável ao que foi visto em Júpiter durante o mês de julho ... Leia mais

O SUICÍDIO DO COMETA SCHOEMAKER-LEVY 9 Muitas gerações irão passar sem ... Leia mais
02/08/2022
Trav

ONDE ESTÁ O OBSERVATÓRIO ...
ONDE ESTÁ O OBSERVATÓRIO ASTRONÔMICO?
ONDE ESTÁ O OBSERVATÓRIO ASTRONÔMICO? Há um ano, acontecia em Piracicaba o maior atentado perpetrado no País contra a ciência do céu. Após quase 30 anos de laboriosa existência, ... Leia mais

ONDE ESTÁ O OBSERVATÓRIO ASTRONÔMICO? Há um ano, acontecia em ... Leia mais
09/07/2022
Eta_carinae

ETA CARINAE, UMA ESTRELA QUE VAI ...
ETA CARINAE, UMA ESTRELA QUE VAI EXPLODIR “AMANHÔ
ETA CARINAE, UMA ESTRELA QUE VAI EXPLODIR “AMANHÔ Por NELSON TRAVNIK* Quando olhamos para o céu, vemos a olho nu, cerca de 6.000 estrelas, parte de 200 bilhões que existem em nossa galáxia. Hoje sabemos que ... Leia mais

ETA CARINAE, UMA ESTRELA QUE VAI EXPLODIR “AMANHÔ Por NELSON TRAVNIK* Quando ... Leia mais
05/07/2022
Boletim_observe2

O Boletim Observe! do mês de julho ...
O Boletim Observe! do mês de julho de 2022 .
Prezados colegas. O Boletim Observe! do mês de julho de 2022 está disponível no endereço eletrônico mencionado a seguir: http://www.geocities.ws/costeira1/neoa/observe.pdf Leia a edição atual do ... Leia mais

Prezados colegas. O Boletim Observe! do mês de julho de 2022 está disponível ... Leia mais
28/06/2022