Usa Flag / English Version Bandeira do Brasil / Versão em Português
CURRENT MOON
Lua atual

ACERCA DO INFINITO, DO UNIVERSO E DOS MUNDOS - por Nelson Travnik.

Giordano_brunos
24/02/2020

FILOSOFIA E ASTRONOMIA

ACERCA  DO INFINITO,  DO  UNIVERSO  E  DOS  MUNDOS

Por Nelson  Travnik*

Há 420 anos, no dia 9 de fevereiro de 1600, uma multidão se aglomerava no ‘Campo di Fiori’ (Campo de Flores) em Roma, para assistir mais um espetáculo de um herege condenado a ser queimado na fogueira pelo Tribunal da Santa Inquisição. Já era rotina em Roma e em vários países da Europa, a Igreja fazer das fogueiras, instrumentos de repressão e morte para condenados por bruxaria ou afrontar as “verdades” bíblicas e dogmas da Igreja. A turba inquieta e agitada aguardava as pilhas de lenha e gravetos serem acesas. Abre-se a porta e surge o condenado com um aparato de ferro cobrindo a boca ensangüentada, numa clara intenção dele não poder falar a multidão, o que poderia trazer desconforto para os juízes que o condenaram. Porém antes disso, exclamou aos que o cercavam : “Minha alma subirá ao Paraíso junto com a fumaça do meu corpo”. A Inquisição funcionou de 1450 a 1750 e estima-se que cerca de 60 mil vidas foram sacrificadas.

Quem era esse condenado, preso há 7 anos que incomodava tanto a Igreja e que, com a coragem dos heróis, não se retratou de suas idéias e convicções ? Era Giordano Bruno nascido em 1550 na pequena cidade italiana de Nola, perto de Nápoles. Seu nome de batismo era Felipe mais tarde mudado para Giordano quando vestiu o hábito de clérigo no Convento Napolitano de São Domingos. Depois de dez anos conventual,  doutorou-se em Teologia em 1575. Nesse período dedicou-se entre outras, a filosofia grega e a obra da teoria heliocêntrica – Sol no centro do Sistema Solar – do cônego Nicolau Copérnico, contrário a filosofia aristotélica tendo a Terra como centro do universo e obra maior da criação defendida pela Igreja. Em 5 de março de 1616, a obra foi considerada heresia e colocada no Index dos livros proibidos. Giordano passou a admitir a pluralidade dos mundos habitados e a salvação do homem através de um relacionamento direto com Deus. Deixou claro que a verdadeira religião prescinde de formalismos, rituais e compromissos de filiar-se a esta ou aquela religião. O conjunto dessas idéias eram inconcebíveis e condenadas pela Igreja. Com isso, sua permanência no convento foi curta, afastando-se em face da perseguição e intolerância sectarista dos seus membros. Abandonou as vestes sacerdotais, foi processado por heresia mas conseguiu salvar-se fugindo para Roma. A partir daí, sua vida foi uma constante peregrinação pelo norte da Itália, Paris, Londres, outros países e indo para Genebra onde aderiu ao Calvinismo com permanência curta nessa nova corrente religiosa. Em maio de 1592 acabou por dar com os costados em Veneza, hospedando-se na casa de João Moncenigo que o traiu, foi preso e encaminhado ao Santo Oficio. De lá foi transferido para Roma onde passou 7 anos preso, submisso a  exaustivos interrogatórios , aos horrores da prisão e convivendo com gritos dilacerantes de pessoas torturadas.

Neste cenário, entre outras, o que mais incomodava a Igreja, era sua idéia da pluralidade dos mundos habitados. Possibilidade de existir outros mundos, outras formas de vida, outros pensamentos e outras crenças. Na Grécia já se pensava nisso e na Escola de Epícuro (341 -271) já se ensinava haver infinitos mundos parecidos com o nosso. O cardeal Nikolaus de Cusa   com anuência do papa Eugênio IV, sustentava a pluralidade dos mundos habitados. Fascinado pela imensidão do universo que a astronomia estava revelando e, que Deus, é imanente nesse universo infinito, escreveu o livro : “Acerca do Infinito, do Universo e dos Mundos”. Existe uma tradução portuguesa da Fundação Calouste Gulbenkian, Lisboa, 1978, do qual tenho um exemplar e onde está a relação das 38 obras de Giordano. Para a Igreja, nele configurava-se uma heresia praticamente indefensável . Giordano teve a coragem de sustentá-la abrindo as portas para infinitas possibilidades humanas como a idéia de vidas sucessivas como se vê em seu livro: “ Uma pessoa, quer esteja dentro ou fora do corpo, nunca se completa. Ela tem a oportunidade de experimentar a vida de muitas formas diferentes”. Sobre a pluralidade dos mundos habitados escreveu : “Existe apenas um espaço cósmico, uma imensidão única e vasta e nele existe uma infinidade de mundos como este que vivemos e desenvolvemos”.

Após o martírio de Giordano, o tema voltaria a baila em 1862 com a publicação do livro: “A Pluralidade dos Mundos Habitados” do astrônomo francês Camille Flammarion (1842-1925) provocando acirradas discussões. Com a descoberta dos exoplanetas, planetas girando ao redor das estrelas, essas discussões já perderam o sentido. Estimam-se que hajam muitos bilhões de planetas somente em nossa Via Láctea com  muitos deles na zona habitável podendo abrigar vida. Giordano Bruno e Camille Flammarion, são os últimos arautos da mais importante conquista da astronomia  e talvez da humanidade : não estamos sós no universo!

*Nelson Travnik é astrônomo, diretor do Observatório Astronômico de Piracicaba, SP, e Membro Titular da Sociedade Astronômica da França. 
Placa_reinfelder_und_hertel5

Luneta Reinfelder und Hertel de ...
Luneta Reinfelder und Hertel de 1909 - por Nelson Travnik.
EM 1909 NA CIDADE DE MUNIQUE Nelson Travnik No Observatório Astronômico de Piracicaba Elias Salum, órgão da Secretaria Municipal de Educação, SP, está instalada no Pavilhão de ... Leia mais

EM 1909 NA CIDADE DE MUNIQUE Nelson Travnik No Observatório Astronômico de ... Leia mais
02/06/2021
Ag%c3%aancia_espacial_brasileira

Faleceu aos 95 anos Yeda Veiga ...
Faleceu aos 95 anos Yeda Veiga Ferraz Pereira
Agência Espacial Brasileira. História • Faleceu aos 95 anos a precursora da astronomia brasileira Yeda Veiga Ferraz Pereira. Formada em Engenharia Civil e Elétrica pela antiga Escola Nacional de Engenharia (ENE), ... Leia mais

Agência Espacial Brasileira. História • Faleceu aos 95 anos a precursora ... Leia mais
27/05/2021
Bo!

Boletim Observe! do mês de junho ...
Boletim Observe! do mês de junho de 2021
Nobres colegas. O Boletim Observe! do mês de junho de 2021 está disponível no endereço eletrônico mencionado a seguir: http://www.geocities.ws/costeira1/neoa/observe.pdf Leia a edição atual do ... Leia mais

Nobres colegas. O Boletim Observe! do mês de junho de 2021 está disponível no ... Leia mais
27/05/2021
Collins

Morre o Astronauta Michael Collins ...
Morre o Astronauta Michael Collins aos 90 anos.
Morreu aos 90 anos, o grande astronauta americano Michael Collins (1930 - 2021), que pilotou comandante do Módulo de Comando Columbia da missão APOLLO 11, enquanto Neil Armstrong e Edwin Eugene Buzz Aldrin Jr. desciam na ... Leia mais

Morreu aos 90 anos, o grande astronauta americano Michael Collins (1930 - 2021), que pilotou ... Leia mais
28/04/2021