Usa Flag / English Version Bandeira do Brasil / Versão em Português
CURRENT MOON
Lua atual
Cratera BULLIALDUS.
(créditos: Vaz Tolentino.)

Informações sobre a Foto

Cratera BULLIALDUS.

(créditos: Vaz Tolentino.)

Cratera BULLIALDUS:

Diâmetro: 61 Km;

Profundidade: 3,5 Km;

Coordenadas Selenográficas: LAT: 20° 42′ 00″ S, LON: 22° 12′ 00″ W.

Período Geológico Lunar: Período Eratostheniano (Eratosthenian) de 3,2 bilhões até 1,1 bilhão de anos atrás.

Melhor período para observação: 2 dias após o quarto-crescente ou 1 dia após o quarto minguante.

Quem Foi BullialdusIsmaël Bullialdus (1605 – 1694) foi um astrônomo francês, amigo de Pierre Gassendi, Christian Huygens, Marin Mersenne e Blaise Pascal. Também foi ativo adepto de Galileo Galiliei e Nicolaus Copernicus.

FotoLua cheia mostrando a área de abrangência da foto enfocando a cratera BULLIALDUS (foto por VTOL).

BULLIALDUS  é uma cratera de morfologia complexa que possui alguns detalhes interessantes para aqueles que observam com telescópio de abertura moderada. O conjunto maciço de picos de sua montanha central muda de aparência através do decorrer da lunação (intervalo de tempo entre duas Luas novas consecutivas, em média de 29 dias, 12 horas, 44 minutos e 2,8 segundos), por causa das várias sombras que são produzidas pela mudança do ângulo do Sol.

BULLIALDUS apresenta-se como uma das mais interessantes formações da superfície lunar. Apesar de seu tamanho moderado, BULLIALDUS é fácil de ser encontrada, pois localiza-se de forma destacada na margem oeste do Mare NUBIUM.O piso de BULLIALDUS tem natureza áspera, é relativamente plano e levemente irregular. O único detalhe aparente no piso interno á a presença de um agrupamento de 3 minúsculas crateras ao norte da montanha central.

As pequenas sombras individuais, geradas pela luz do Sol obliqua dentro do relevo da superfície do piso, são bem minúsculas para serem apreciadas individualmente, mas todo o conjunto produz um efeito muito interessante, quando visto através do telescópio.

Perto do período da Lua Cheia, o complexo montanhoso central da cratera BULLIALDUS que eleva-se até 1 Km em relação do fundo da cratera, torna-se muito claro e destacado (alta taxa de albedo), com a superfície do piso interno apresentando muitas áreas claras.

BULLIALDUS tem uma borda externa alta e escarpada que é circular, porém com uma aparência ligeiramente poligonal. As paredes internas estão estruturadas em terraços e contêm sinais de deslizamentos. As fortificações ou muralhas externas são cobertas com uma manta de material ejetado que se destaca num padrão radial de cristas baixas, intercaladas por vales.

FotoComposição apresentando a Lua cheia com a região de abrangência da foto, o perfil altimétrico da cratera BULLIALDUS e, nas fotos principais, a proeminente cratera BULLIALDUS em dois tempos. Primeiro com o Sol no leste (foto superior) e depois com o Sol a oeste (foto inferior). Em ambas as fotos a montanha central de BULLIALDUS mostra alta taxa de albedo. Fotos executadas por VTOL em 10‎ de ‎julho‎ de ‎2011, ‏‎20:03:08 (foto superior) e ‎27‎ de ‎março‎ de ‎2011, ‏‎05:30:42 (foto inferior).

ImagemClose Up da Cratera BULLIALDUS - Sonda Lunar LRO / NASA.

ImagemO perfil altimétrico  W  -  E  da bela Cratera BULLIALDUS - LRO QuickMap / NASA.

Foto executada com apenas 1 frame em ‎02‎ de ‎novembro‎ de ‎2014, ‏‎23:26:54 (02:26:54 UT).

Foto executada com apenas 1 frame em ‎18‎ de ‎junho‎ de ‎2013, ‏‎20:17:26 (23:17:26 UT).

Foto executada com apenas 1 frame em 0‎2‎ de ‎novembro‎ de ‎2014, ‏‎23:37:46 (02:37:46 UT).

Foto executada com apenas 1 frame em 10‎ de ‎agosto‎ de ‎2019, ‏‎21:32:38 (00:32:38 UT).

Foto executada com apenas 1 frame em 16‎ de ‎abril‎ de ‎2016, ‏‎19:48:22 (22:48:22 UT).

Foto executada com apenas 1 frame em 0‎4‎ de ‎março‎ de ‎2020, ‏‎20:39:50 (23:39:50 UT).

Foto executada com apenas 1 frame em 0‎2‎ de ‎maio‎ de ‎2020, ‏‎‏‎18:59:00 (21:59:00 UT).

Foto executada com apenas 1 frame em ‎31‎ de ‎maio‎ de ‎2020, ‏‎18:27:28 (21:27:28 UT).

Composição com fotos executadas com apenas 1 frame cada.

Foto executada com apenas 1 frame em ‎31‎ de ‎maio‎ de ‎2020, ‏‎18:27:28 (21:27:28 UT).

Bo!

Boletim Observe! do mês de ...
Boletim Observe! do mês de setembro de 2021
Nobres colegas. O Boletim Observe! do mês de setembro de 2021 está disponível no endereço eletrônico mencionado a seguir: http://www.geocities.ws/costeira1/neoa/observe.pdf Leia a edição atual do ... Leia mais

Nobres colegas. O Boletim Observe! do mês de setembro de 2021 está disponível ... Leia mais
27/08/2021
Campinorte

UFRJ guarda em seu acervo os três ...
UFRJ guarda em seu acervo os três maiores meteoritos do Brasil.
O meteorito Campinorte, descoberto semienterrado perto de um lago, por um fazendeiro em 1992 na região rural de Campinorte, norte de Goiás, tem forma de uma pera com massa pesando aproximadamente 2 toneladas e dimensões com 75 ... Leia mais

O meteorito Campinorte, descoberto semienterrado perto de um lago, por um fazendeiro em 1992 na ... Leia mais
14/08/2021
S_o1

Blog "Sky and Observers" - agosto / ...
Blog "Sky and Observers" - agosto / 2021.
Neste mês (agosto / 2021) estão publicados no Blog "Sky and Observers", os seguintes assuntos: Colunas: Largue o cel e olhe para o céu #23 - Nebulosa Trífida 30 anos sem Jean Nicolini. Nota: Um ... Leia mais

Neste mês (agosto / 2021) estão publicados no Blog "Sky and Observers", os ... Leia mais
06/08/2021
Bo!

Boletim Observe! do mês de agosto ...
Boletim Observe! do mês de agosto de 2021.
Nobres colegas. O Boletim Observe! do mês de agosto de 2021 está disponível no endereço eletrônico mencionado a seguir: http://www.geocities.ws/costeira1/neoa/observe.pdf Leia a edição atual ... Leia mais

Nobres colegas. O Boletim Observe! do mês de agosto de 2021 está ... Leia mais
27/07/2021