Usa Flag / English Version Bandeira do Brasil / Versão em Português
CURRENT MOON
Lua atual
A grande e diferenciada Cratera JANSSEN.
(créditos: Vaz Tolentino.)

Informações sobre a Foto

A grande e diferenciada Cratera JANSSEN.

(créditos: Vaz Tolentino.)

Cratera JANSSEN:

Diâmetro: 201 Km;

Profundidade: 2,74 Km;

Coordenadas Selenográficas: LAT: 44° 54′ 00″ S, LON: 41° 30′ 00″ E;

Período Geológico Lunar: Pré-Nectárico (Pre-Nectarian): 4,5 bilhões (logo após a época da formação inicial da Lua) até 3,92 bilhões de anos atrás.

Melhor período para observação: 5 dias após a Lua nova ou 4 dias após a Lua cheia.

Quem foi JANSSEN? Pierre Jules Cesar Janssen (1824 – 1907) foi um astrônomo francês especialista em observação solar, que junto com o cientista inglês Norman Lockyer descobriu o gás hélio. Fundou 2 observatórios: o observatório de Meudon (próximo à Paris) em 1876 e o observatório de Mont Blanc nos alpes franceses, em 1891.

 

JANSSEN é uma imensa e velha cratera com perfil irregular, cuja estrutura foi muito desgastada e erodida por ações de impactos posteriores à sua criação. JANSSEN está localizada nas terras altas do quadrante sudeste lunar. Sua superfície interna (piso interno) é muito acidentada e desnivelada, contendo várias protuberâncias. Existem também, as presenças de uma grande montanha central e inúmeros montes menores, além de muitas depressões, sulcos, crateras (inclusive a grande cratera FABRICIUS) e minúsculos impactos.

A superfície de sua estrutura é totalmente surrada e marcada por impactos de crateras menores. As paredes externas de JANSSEN são abertas por brechas em vários pontos, mas a delineação do formato original da cratera ainda é visível.

Foto: A região de terras altas do quadrante sudeste da Lua e a enorme, velha, irregular e desgastada cratera JANSSEN, que hospeda na parte nordeste de seu amplo piso interno, a grande cratera FRABRICIUS. Um sistema de canais de origem vulcânica (raro em terras altas), conhecido como Rimae JANSSEN, causa destaque no piso interno de JANSSEN aplicando uma pronunciada curva em direção à borda sul da cratera. Foto executada com apenas 1 frame em 21‎ de ‎novembro‎ de ‎2013, ‏‎03:47:40 por VTOL.

Mas a característica principal dessa enorme cratera é o magnífico sistema de ramificação de canais com 120 Km de comprimento, conhecido como Rimae JANSSEN, raro de ser encontrado em terras altas. O canal principal começa na borda sul da cratera FABRICIUS como uma larga e profunda depressão ou vala, e começa a atravessar uma grande região contendo material ejetado pelo impacto que criou FABRICIUS. A partir daí continua atravessando a superfície interna de JANSSEN na direção sudoeste, para depois de 50 Km de caminhamento a partir de sua origem, produzir subcanais mais finos que tomam rumos diferentes (em direção às bordas oeste, sudoeste e sul), sendo que, o mais destacado, é aquele que atinge a borda sul de JANSSEN, dando um aspecto geral bastante curvo ao canal original. Próximo da borda sul esse subcanal fica mais estreito.

Rimae JANSSEN chega a atingir aproximadamente 13 km no seu ponto mais largo e 1,1 Km no seu ponto mais profundo.

A proeminente cratera FABRICIUS (diâmetro: 79 Km, profundidade: 2,5 Km), encontra-se completamente inserida no quadrante nordeste do piso interno da cratera JANSSEN. Conectada à cratera FABRICIUS (junto à borda nordeste de JANSSEN) apresenta-se a cratera METIUS (diâmetro: 87 Km, profundidade: 4,1 Km). Junto à borda norte de JANSSEN encontra-se a deformada cratera BRENNER (diâmetro: 90Km, profundidade: 1,8 Km). Junto e sobre à borda sudoeste de JANSSEN encontra-se a cratera LOCKYER (diâmetro: 34 Km, profundidade: 1,5 Km).

Ilustração: O perfil altimétrico (NASA / LRO QuickMap) do canal principal do sistema Rimae JANSSEN, que atinge até 13 Km de largura e 1,1 Km de profundidade.

Foto executada com apenas 1 frame em ‎12‎ de ‎setembro‎ de ‎2014, ‏‎02:58:20 (05:58:20 UT).

So2

Blog "Sky and Observers" - dezembro ...
Blog "Sky and Observers" - dezembro / 2018.
Olá pessoal, Neste mês (dezembro / 2018) estão publicados no Blog "Sky and Observers" os seguintes assuntos: O Almanaque Astronômico Brasileiro de 2019! ... Leia mais

Olá pessoal, Neste mês (dezembro / 2018) estão publicados no Blog "Sky ... Leia mais
04/12/2018
So

Almanaque Astronômico - 2019 >> ...
Almanaque Astronômico - 2019 >> Sky & Observers.
Caros(as) amigos(as)! Como ocorre todos os anos nesta data em que comemoramos o Dia da Astronomia no Brasil, informo que já está disponível para download o "Almanaque Astronômico - 2019". O ... Leia mais

Caros(as) amigos(as)! Como ocorre todos os anos nesta data em que comemoramos o Dia da ... Leia mais
02/12/2018
Bo

Boletim Observe! - dezembro de ...
Boletim Observe! - dezembro de 2018.
Nobres colegas: O Boletim Observe! do mês de dezembro de 2018 está disponível no endereço eletrônico mencionado a seguir: http://www.geocities.ws/costeira1/neoa/observe.pdf Leia a edição atual do ... Leia mais

Nobres colegas: O Boletim Observe! do mês de dezembro de 2018 está disponível ... Leia mais
02/12/2018
Aster%c3%b3ide_93_minerva

Oposição do Asteroide (93) ...
Oposição do Asteroide (93) Minerva - Blog Sky & Observers;
Caros(as) amigos(as)! Asteroide (93) Minerva em 2018! Um grande e fraterno abraço, Antônio Campos "Aquele que não comunica aos outros o que conhece perece com a murta do deserto, cujo perfume se perde para ... Leia mais

Caros(as) amigos(as)! Asteroide (93) Minerva em 2018! Um grande e fraterno abraço, ... Leia mais
24/09/2018